Thumb_logo_white Discover Create Go Pro
Log In / Sign Up
Perguntas Proibidas 10 Março - 1ª Parte
March 22, 2011 08:58 AM PDT

No rescaldo do discurso de tomada de posse do Presidente da República, Mendo Henriques entrevista Gonçalo Ribeiro Telles. Cavaco Silva falou do mar mas não falou da terra, falou de família mas não do despovoamento, falou de economia mas não falou de humanização. Entre os discursos e os silêncios do Presidente da República, Ribeiro Telles passa em revista os seus temas e programas de sempre, como a interacção entre o urbanismo e o campo e a necessidade de um novo ordenamento territorial a ser efectuado pelo Governo e pelas unidades autárquicas NUTS. E lembra que a diminuição do número de votantes- desde os 80% do General Eanes, em 1976, até aos 40% de Cavaco Silva em 2011- mostra que, não estando em causa as pessoas, está em causa uma instituição pouco entusiasmante.

Perguntas Proibidas 14 de Outubro - 2ª Parte
October 15, 2010 08:20 AM PDT
itunes pic

 
Perguntas Proibidas 7 de Outubro - 2ª Parte
October 15, 2010 08:08 AM PDT
itunes pic

Professor e escritor, o lisboeta Miguel Real, 57 anos, tem sido uma das vozes mais férteis da literatura portuguesa nos últimos anos. Formado em Filosofia, Mestre em Estudos Portugueses e especialista em cultura portuguesa, Miguel Real tem publicado romances, ensaios, contos e peças de teatro. Actualmente divide o seu tempo entre as aulas de filosofia, a escrita e a crítica literária para o JL- Jornal de Letras, Artes e Ideias, onde é colaborador. Nesta rentrée dá a conhecer o romance As Memórias Secretas da Rainha D. Amélia (Dom Quixote) mas para trás estão, entre os seus vinte livros publicados, O Outro e o Mesmo (Prémio Revelação de Ficção da APE/IPLB, 1979), Portugal- Ser e Representação (Prémio Revelação de Ensaio Literário da APE/IPLB, 1995), A Visão de Túndalo por Eça de Queirós (Prémio LER/Círculo de Leitores, 2000), A Voz da Terra (Prémio Literário Fernando Namora, 2006) e Eduardo Lourenço e a Cultura Portuguesa (Prémio Jacinto do Prado Coelho, 2009).

Esta semana, em parceria com o Instituto da Democracia Portuguesa, Mendo Henriques conversa com Miguel Real.

Perguntas Proibidas 30 de Setembro - 1ª Parte
October 15, 2010 07:57 AM PDT
itunes pic

O Coro Sinfónico Lisboa Cantat iniciou as suas actividades no ano de 1977 e faz actualmente parte da Associação Musical Lisboa Cantat. Em 27 de Maio de 2007 passou a designar-se Associação Musical Lisboa Cantat. Em Portugal participou em festivais de música, encontros corais e actividades promovidas por câmaras municipais. São de destacar as participações no Festival de Coros do Algarve, no Festival de São Roque e ainda concertos nas principais cidades do País. Em Lisboa actuou no Centro Cultural de Belém, na Fundação Calouste Gulbenkian, Aula Magna e na Igreja de São Roque. No Porto, na Casa da Música, com a Orquestra Nacional do Porto. No estrangeiro, destacam-se as digressões a Espanha (1987, 1988, 1992 e 1999), França (1981, 1996, 1999 e 2002) e Alemanha (1993). Tem divulgado em disco a obra “Compositores Portugueses XX-XXI”, um projecto de 2007, e a obra de Fernando Lopes Graça, em particular.

Esta tarde, em parceria com o Instituto da Democracia Portuguesa, e em vésperas do concerto do Coro Sinfónico Lisboa Cantat no CCB, a 4 de Outubro, Mendo Henriques conversa com Helena Carvalho Pereira, presidente da direcção da AMLC, e com o Maestro Jorge Alves, seu director artístico.

Perguntas Proibidas 30 de Setembro - 2ª Parte
October 15, 2010 07:48 AM PDT
itunes pic

O Coro Sinfónico Lisboa Cantat iniciou as suas actividades no ano de 1977 e faz actualmente parte da Associação Musical Lisboa Cantat. Em 27 de Maio de 2007 passou a designar-se Associação Musical Lisboa Cantat. Em Portugal participou em festivais de música, encontros corais e actividades promovidas por câmaras municipais. São de destacar as participações no Festival de Coros do Algarve, no Festival de São Roque e ainda concertos nas principais cidades do País. Em Lisboa actuou no Centro Cultural de Belém, na Fundação Calouste Gulbenkian, Aula Magna e na Igreja de São Roque. No Porto, na Casa da Música, com a Orquestra Nacional do Porto. No estrangeiro, destacam-se as digressões a Espanha (1987, 1988, 1992 e 1999), França (1981, 1996, 1999 e 2002) e Alemanha (1993). Tem divulgado em disco a obra “Compositores Portugueses XX-XXI”, um projecto de 2007, e a obra de Fernando Lopes Graça, em particular.

Esta tarde, em parceria com o Instituto da Democracia Portuguesa, e em vésperas do concerto do Coro Sinfónico Lisboa Cantat no CCB, a 4 de Outubro, Mendo Henriques conversa com Helena Carvalho Pereira, presidente da direcção da AMLC, e com o Maestro Jorge Alves, seu director artístico.

Perguntas Proibidas 23 Setembro - 1ª Parte
September 27, 2010 06:31 AM PDT
itunes pic

O Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias (CLEPUL), fundado em 1975 por Jacinto do Prado Coelho, é um dos centros de investigação mais antigos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. O seu objectivo é dar o maior contributo possível à cultura e literatura em língua portuguesa e no seu grupo de investigação incluem-se as literaturas e culturas eslavas, ibéricas, portuguesas, africanas e brasileiras. Annabela Rita, doutorada em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, é a nova directora do CLEPUL e autora do livro Cartografias Literárias, editado pela Esfera do Caos no passado mês de Agosto. Annabela Rita é a convidada de Mendo Henriques para o Perguntas Proibidas da semana, em parceria com o Instituto da Democracia Portuguesa.

Perguntas Proibidas 23 Setembro - 2ª Parte
September 27, 2010 06:22 AM PDT
itunes pic

O Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias (CLEPUL), fundado em 1975 por Jacinto do Prado Coelho, é um dos centros de investigação mais antigos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. O seu objectivo é dar o maior contributo possível à cultura e literatura em língua portuguesa e no seu grupo de investigação incluem-se as literaturas e culturas eslavas, ibéricas, portuguesas, africanas e brasileiras. Annabela Rita, doutorada em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, é a nova directora do CLEPUL e autora do livro Cartografias Literárias, editado pela Esfera do Caos no passado mês de Agosto. Annabela Rita é a convidada de Mendo Henriques para o Perguntas Proibidas da semana, em parceria com o Instituto da Democracia Portuguesa.

Perguntas Proibidas 16 Setembro - 1ª Parte
September 16, 2010 08:42 AM PDT
itunes pic

Historiador, poeta, ensaísta e investigador da Universidade de Lisboa, José Eduardo Franco é o convidado de Mendo Henriques no Perguntas Proibidas da semana, em parceria com o Instituto da Democracia Portuguesa. O Dicionário Histórico das Ordens e Instituições Afins em Portugal, editado no início do mês pela Gradiva, e com direcção do autor, partilhada com José Augusto Mourão e Ana Cristina da Costa Gomes, é a obra mais recente do historiador, que tem publicado estudos sobre o Padre António Vieira, os Jesuítas e os Jardins do Mundo. Em entrevista, José Eduardo Franco fala da obra agora publicada pela Gradiva, do estudo sobre os Jesuítas, que acaba de ser editado em França, e de anteriores congressos e trabalhos- e do impacto cultural destas iniciativas, levadas a cabo com grande número de parcerias e envolvendo grande movimentação cultural.

Perguntas Proibidas 16 Setembro - 2ª Parte
September 16, 2010 08:15 AM PDT
itunes pic

Historiador, poeta, ensaísta e investigador da Universidade de Lisboa, José Eduardo Franco é o convidado de Mendo Henriques no Perguntas Proibidas da semana, em parceria com o Instituto da Democracia Portuguesa. O Dicionário Histórico das Ordens e Instituições Afins em Portugal, editado no início do mês pela Gradiva, e com direcção do autor, partilhada com José Augusto Mourão e Ana Cristina da Costa Gomes, é a obra mais recente do historiador, que tem publicado estudos sobre o Padre António Vieira, os Jesuítas e os Jardins do Mundo. Em entrevista, José Eduardo Franco fala da obra agora publicada pela Gradiva, do estudo sobre os Jesuítas, que acaba de ser editado em França, e de anteriores congressos e trabalhos- e do impacto cultural destas iniciativas, levadas a cabo com grande número de parcerias e envolvendo grande movimentação cultural.

Perguntas Proibidas 8 de Julho - 2ª Parte
July 16, 2010 04:30 AM PDT
itunes pic

Mendo Henriques e Frederico Brotas, do Instituto da Democracia Portuguesa, debatem esta semana o caso PT, após o Primeiro-Ministro José Sócrates ter "accionado" os direitos da golden share na PT para impedir a venda à Telefónica da posição na Vivo, a maior operadora brasileira de telecomunicações. O desfecho deste caso, nas próximas semanas, será decisivo para avaliar da imagem externa de Portugal e suscita uma reflexão sobre a necessidade urgente de um plano B em que a PT se mantenha como uma multinacional de interesse estratégico para Portugal.

Previous Page  |  Next Page